Veja quais são os alimentos que aumentam a imunidade

Por: Informe Social - Notícias, Emprego, Programas Sociais e Economia

É bem sabido que entre os vários determinantes de uma boa saúde, o sistema imunológico ocupa posição de destaque, servindo como barreira contra doenças diversas.

Especialmente durante o inverno, período de maior incidência de doenças respiratórias, manter o sistema imunológico fortalecido é uma prioridade. Uma ferramenta poderosa para isso é, sem dúvida, a alimentação.

Segundo especialistas, a vitalidade do nosso sistema imunológico está ligada à qualidade do que consumimos. 

Cerca de 75% do sistema imunológico encontra-se no intestino, o que ressalta ainda mais a relevância de uma dieta equilibrada e rica em nutrientes.

Por que a alimentação é essencial para a imunidade?

Ao contrário do que muitos acreditam, não existem 'comidas milagrosas' que atuem isoladamente como cura. 

No entanto, integrar consistentemente alimentos saudáveis na dieta cotidiana pode sim reforçar substancialmente as defesas do corpo. 

A desnutrição e a inflamação são fatores que predispõem o organismo a sofrer mais intensamente com infecções.

Uma alimentação que valoriza itens naturais e minimamente processados, como frutas, legumes e verduras, é essencial. 

Esses alimentos, além de enriquecer o corpo com vitaminas e minerais, também são fundamentais para a saúde da microbiota intestinal, afetando diretamente a imunidade. Veja alguns alimentos recomendados por nutricionistas

Cúrcuma

Este tempero não apenas modula a resposta imune do corpo como também apresenta propriedades antimicrobianas, sendo ideal para inclusão diária na alimentação.

Semente de abóbora

Rica em zinco, vital para a imunidade, é sugerido seu uso diário, seja nas saladas ou como um lanche.

Alho

Famoso por suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, o alho é um forte aliado contra infecções, podendo ser utilizado de diversas formas na cozinha.

Como esses alimentos beneficiam nosso sistema imunológico?

Além dos já mencionados, é recomendado a inclusão regular de gengibre, cogumelos e até mesmo chá feito com cascas de cebola na dieta, devido às suas respectivas propriedades que fortalecem a imunidade através de diferentes mecanismos. 

O gengibre, por exemplo, é relevante pela sua ação anti-inflamatória; os cogumelos, por sua vez, são benéficos devido às suas fibras solúveis que alimentam a flora intestinal saudável; enquanto as cascas de cebola são repletas de antioxidantes.

Concluindo, embora nenhum alimento trabalhe sozinho como uma panaceia, integrar esses superalimentos ao nosso cotidiano pode fazer uma grande diferença na saúde e resiliência do nosso corpo.