Como funcionará o pagamento do Auxílio Gás em junho?

Por: Informe Social - Notícias, Emprego, Programas Sociais e Economia

O Auxílio Gás foi criado com o objetivo de oferecer suporte às famílias de baixa renda frente aos elevados custos do gás de cozinha. 

Este programa assegura que o valor repassado às famílias seja suficiente para cobrir parte significativa do custo do botijão de gás.

Com isso, busca-se diminuir as dificuldades financeiras e fortalecer a segurança alimentar dos beneficiários.

Com recentes alterações legislativas, as famílias agora recebem o valor integral necessário para a compra de um botijão de 13 KG, graças à inclusão da Medida Provisória 1.155/2023.

Quem são os beneficiários?

Os elegíveis para receber o Auxílio Gás incluem famílias cadastradas no CadÚnico, com renda per capita igual ou inferior a meio salário mínimo. 

Além disso, os participantes de outros programas sociais, como o Bolsa Família, não têm esse valor considerado no cálculo da renda, o que facilita o acesso ao benefício.

Como funciona o pagamento?

O pagamento do benefício ocorre a cada dois meses, e apenas nos meses pares, sendo que o próximo está agendado para este mês de junho, começando nesta segunda-feira (17) para o NIS final 1.

Todos os pagamentos são realizados através de contas bancárias ou contas digitais. Para aqueles sem acesso a essas modalidades, é criada automaticamente uma poupança social digital, simplificando o processo e garantindo que todos tenham acesso aos recursos.

Em resumo, o Auxílio Gás é uma resposta direta às necessidades das famílias brasileiras que enfrentam dificuldades para arcar com os custos essenciais. 

Ao aliviar o fardo financeiro associado ao gás de cozinha, o programa não apenas facilita a manutenção do lar mas também promove a dignidade e o bem-estar das famílias mais vulneráveis do país.  

visite nosso site