Carteira de trabalho digital: Como emitir e suas vantagens

Por: Informe Social - Notícias, Emprego, Programas Sociais e Economia

A transformação digital tem reformulado diversos procedimentos burocráticos no Brasil, tornando-os mais acessíveis e rápidos.

Um exemplo claro dessa modernização é a implementação da Carteira de Trabalho Digital. Vamos entender como esse recurso facilita a vida do trabalhador e quais são os passos para sua emissão.

O que é a Carteira de Trabalho Digital?

A Carteira de Trabalho Digital foi instituída para substituir o documento físico tradicional.

Desde setembro de 2019, com a Portaria/MPT nº 621, esse formato digital passou a ser oficial, com todas as informações sendo armazenadas de forma eletrônica no eSocial, eliminando a necessidade de anotações manuais.

Essa inovação não só simplifica o armazenamento e acesso aos dados de vínculos empregatícios, mas também agiliza processos de contratação, uma vez que o empregador precisa apenas do CPF do trabalhador para verificar suas informações trabalhistas. 

Como emitir a Carteira de Trabalho Digital?

O processo para emitir a Carteira de Trabalho Digital é simples e pode ser realizado completamente online, tanto pelo site do Governo Federal quanto por um aplicativo próprio para dispositivos móveis. Para acessar, o interessado precisa apenas ter uma conta no sistema gov.br e seu CPF.

Pelo aplicativo: Busque na loja de apps por "Carteira de Trabalho Digital", faça o login com sua conta do gov.br e tenha acesso imediato às informações dos contratos de trabalho.

Pela internet: Acesse a área de Carteira de Trabalho Digital no portal gov.br e siga as instruções para entrar com sua conta. Após o login, todas as informações sobre seus vínculos empregatícios estarão disponíveis.

A Carteira de Trabalho Digital substitui completamente o documento físico?

Sim, para todos os fins relacionados à comprovação de vínculos trabalhistas e acompanhamento laboral, a versão digital é totalmente válida. 

Porém, é importante destacar que ela não serve como documento de identificação pessoal.

E o número do PIS?

A versão digital da Carteira de Trabalho não contém o número do Programa de Integração Social (PIS), já que este é gerado pelo empregador no momento da primeira contratação. No entanto, esse número pode ser consultado no site da Caixa ou através do aplicativo FGTS e Meu INSS.

Com apenas alguns cliques, trabalhadores podem ter acesso a todas as informações de seus contratos de trabalho de forma rápida e segura, enquanto empregadores podem verificar esses dados igualmente de maneira ágil e eficiente.

VISITE NOSSO SITE