A Carteira de Trabalho é agora emitida prioritariamente em formato digital

Por: Informe Social - Notícias, Emprego, Programas Sociais e Economia

A carteira de trabalho digital tornou-se a solução principal para o registro de contratos de trabalho no Brasil. No entanto, ainda há casos em que se utiliza a carteira de trabalho em papel. Os órgãos públicos e organismos internacionais que contratam trabalhadores podem exigir uma carteira de trabalho física.

Saiba Mais

Como solicitar a carteira de trabalho em papel?

Para obter a carteira de trabalho em papel, é necessário enviar um e-mail para o Ministério da Economia solicitando um agendamento. O endereço de e-mail é trabalho.(uf)@economia.gov.br, substituindo (uf) pela sigla do estado onde reside.

Necessitará ter em mãos

CPF; Documento oficial de identificação com foto, nome, data, município e estado de nascimento, filiação, número, órgão e data de emissão; Comprovante de residência com CEP; Comprovante do estado civil; Foto 3x4 colorida, recente e com fundo branco.

Saiba Mais

A carteira de trabalho digital vale como a carteira de papel?

Sim, a carteira digital de trabalho é equivalente à carteira de trabalho emitida em papel. Se você já possui uma CTPS em formato físico, mantenha-a. Ela continua valendo como um documento para confirmar seu histórico de trabalho anterior.

Como o empregador “assina a carteira” com a versão digital?

O empregador deve inserir os dados do funcionário no eSocial. Essas informações têm valor de assinatura de carteira. Caso o empregador ainda não adote o eSocial, a contratação deve ser registrada na carteira de trabalho física.

O que fazer em caso de discrepância nas informações da carteira digital?

O trabalhador deve notificar o empregador, que poderá fazer a correção enviando as informações corretas pelo eSocial.

Saiba Mais