NotíciasProgramas sociais

Saiba como pedir o adiantamento do Bolsa Família de abril

Recentemente, tempestades devastadoras atingiram o Sudeste do Brasil, causando perdas significativas e dificuldades para muitas famílias nas áreas afetadas. Diante desta situação, o Governo Federal, através do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), tomou a decisão de antecipar o pagamento do Bolsa Família para residentes de 90 municípios. 

Para os beneficiários do Bolsa Família, esta medida oferece um alívio imediato, garantindo que não precisem esperar até o final do mês para acessar seus recursos. Complementar a essa iniciativa, municípios podem solicitar ao Governo Federal kits de medicamentos e apoio de equipes de saúde, fortalecendo a resposta às necessidades emergenciais dessas populações.

Quem está elegível para a antecipação do Bolsa Família

O critério para elegibilidade à antecipação do pagamento se baseia na localidade dos beneficiários. Entre os estados beneficiados, estão Amapá, Ceará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Sergipe, englobando um amplo espectro de municípios afetados pelas recentes chuvas. Confira:

  • Amapá: Macapá;
  • Ceará: Arneiroz, Canindé, Catunda, Caucaia, Cedro, Crateús, Jaguaretama, Jaguaribara, Jaguaribe, Mombaça, Monsenhor Tabosa, Parambu, Pereiro, Tabuleiro do Norte e Tauá;
  • Paraná: Antonina, Capitão Leônidas Marques, Chopinzinho, Guaratuba, Ivaiporã, Matinhos, Paranavaí, Pérola, Pontal do Paraná, Primeiro de Maio, Quedas do Iguaçu e São João do Ivaí;
  • Rio de Janeiro: Rio de Janeiro, Belford Roxo, Duque de Caxias, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, São José de Meriti, Queimados, Japeri, Miguel Pereira. Em São Paulo, recebem antecipadamente: Sorocaba, Embu-Guaçu e Socorro;
  • Rio Grande do Sul: Cruzeiro do Sul, Erechim, Guaíba, Hulha Negra, Lagoa Bonita do Sul, Mata, Passa Sete, São Vicente do Sul, Torres e outras 62 localidades;
  • Sergipe: Frei Paulo, Monte Alegre de Sergipe, Neópolis, Nossa Senhora da Glória, Porto da Folha e Tobias Barreto.

Os valores do Bolsa Família permanecem conforme a estrutura atual. Cada família beneficiária receberá um Benefício de Renda de Cidadania (BRC) de R$ 142 por pessoa. Adicionalmente, o Benefício Complementar (BCO) assegura que todas as famílias recebam, no mínimo, R$ 600. Confira outros benefícios do programa:

  • Benefício Primeira Infância: disponibiliza R$ 150 mensais para cada criança de zero a sete anos; 
  • Benefício Variável Familiar: paga uma parcela extra mensal de R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos; 
  • Benefício Variável Familiar Nutriz: oferece um extra de R$ 50 para cada membro familiar com até sete meses de idade; 
  • Benefício Extraordinário de Transição: garante que nenhum beneficiário receba em quantidade inferior à concedida no Auxílio Brasil. Este benefício estará disponível até maio de 2025.

Calendário do Bolsa Família de abril

No mês de abril, o governo federal distribui os pagamentos do Bolsa Família com base no último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário. Confira os repasses:

  • NIS final 1: 17 de abril;
  • NIS final 2: 18 de abril;
  • NIS final 3: 19 de abril;
  • NIS final 4: 22 de abril;
  • NIS final 5: 23 de abril;
  • NIS final 6: 24 de abril;
  • NIS final 7: 25 de abril;
  • NIS final 8: 26 de abril;
  • NIS final 9: 29 de abril;
  • NIS final 0: 30 de abril.

A movimentação dos valores pode ser feita através do aplicativo Caixa Tem, disponível para Android e iOS.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo