Notícias

Prazo de renovação da CNH VENCEU! Saiba quanto os motoristas terão que pagar agora

Com as mudanças nas regras para a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), os motoristas agora precisam ficar mais atentos aos prazos estabelecidos. Esteja você dirigindo uma motocicleta, um carro de passeio, ou até mesmo um veículo pesado, é fundamental estar ciente das novas exigências e datas limites para evitar transtornos e penalidades.

O prazo de renovação da CNH é uma das questões que merecem destaque nesse contexto. No entanto, é essencial entender que esses prazos variam de acordo com a categoria da CNH e as circunstâncias específicas de cada motorista.

Prazos

Para os condutores das categorias C, D e E, por exemplo, que estão com exame toxicológico pendente, o prazo de renovação encerra-se nesta terça-feira, dia 30. Este é um prazo nacional, válido para todos os estados brasileiros e para o Distrito Federal. Portanto, é indispensável que os motoristas incluídos nesse grupo estejam atentos e tomem as medidas necessárias para cumprir com essa exigência dentro do prazo estabelecido.

Aqueles que, porventura, não realizarem a renovação dentro do prazo estipulado estarão sujeitos a penalidades sérias. Além da multa no valor de R$ 1.467,35, será aplicada uma pontuação de sete pontos na carteira de habilitação. Essa multa, conhecida como multa de balcão, diferencia-se das multas tradicionais por infrações de trânsito, sendo específica para essa situação de não cumprimento do prazo de renovação.

É importante ressaltar que, para evitar essas penalidades, os motoristas devem procurar os Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans) de seus respectivos estados ou do Distrito Federal. São esses órgãos que têm autoridade para orientar e conduzir o processo de renovação da CNH de forma adequada.

Não é a única data limite para a renovação da CNH

Para condutores das mesmas categorias (C, D e E) que tiveram a CNH com vencimento entre janeiro e junho deste ano, o prazo já havia encerrado em 31 de março. Portanto, é fundamental que os motoristas estejam atentos aos prazos específicos estabelecidos para cada situação, a fim de evitar quaisquer problemas e prejuízos futuros.

Uma das exigências mais importantes nesse processo de renovação é a realização do exame toxicológico. Esse exame é fundamental para comprovar que o condutor não fez uso de drogas ou medicamentos que possam interferir na sua capacidade psicomotora.

A Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran) reporta que mais de 3,4 milhões de condutores das categorias C, D e E ainda não realizaram o exame toxicológico. Portanto, é importante que esses motoristas se regularizem dentro do prazo estabelecido após o encerramento da data limite de renovação da CNH.

Para facilitar o processo, a Senatran disponibiliza um portal de serviços onde os motoristas podem verificar se estão sujeitos à realização do exame e obter informações sobre como proceder. Para acessar o sistema, basta informar o número do CPF, a data de nascimento e a data de validade do documento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo