NotíciasFinanças e economia

Ótima notícia: trabalhadores autônomos podem garantir o 13° este ano; saiba como

O número de empregados com carteira de trabalho no setor privado atingiu o recorde de 37,995 milhões no trimestre encerrado em fevereiro de 2024. Nessa parcela, pelo menos 25,4 milhões de funcionários trabalhavam por conta própria, de acordo com o IBGE.

Quem trabalha sob esse regime e deseja ter um 13º salário, como também uma reserva financeira e férias remuneradas, precisa possuir ainda mais disciplina considerando a maneira como cuida do seu dinheiro.

Dados do Sebrae indicam que quase a totalidade dos trabalhadores Microempreendedor Individual, MEI, têm rendimento médio de R$ 3.507,57.

O valor de referência utilizado nas simulações feitas pela plataforma de serviços financeiros Rico para atingir o 13º, férias e reserva é de R$ 2.846, referente à renda média do brasileiro em 2023.

13º salário do trabalhador autônomo

De acordo com o analista do time de research da Rico, Antônio Sanches, ao considerar a renda média de R$ 2.846, será preciso resguardar o equivalente a 16% da renda média mensal, ou seja, cerca de R$ 456, se deseja gerar o valor adicional de R$ 5.692,00, que é referente ao 13º salário e às férias remuneradas de um trabalhador que possui carteira assinada.

Quanto a reserva de emergência, que deve ser feita pensando nos momentos inesperados/urgentes, será necessário separar 30% da renda, ou seja, cerca de R$ 854.

Através desse esforço será possível atingir, em dois anos, o suficiente para essa reserva de emergência e ainda garantir a parcela do 13º e o benefício de férias remuneradas.

É importante destacar que a reserva de emergência deve corresponder, pelo menos, ao valor de seis meses dos seus gastos mensais fixos, o equivalente a quase R$ 12 mil dentro da simulação realizada.

Por isso, o profissional autônomo terá que desenvolver controle financeiro e planejamento para conseguir fazer as reservas necessárias e desfrutar de 13º salário, férias remuneradas e ainda possuir uma reserva de emergência.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo