Notícias

Descubra como receber 3 vezes mais no seu INSS

No próximo mês, os aposentados e pensionistas do INSS terão a oportunidade de experimentar uma mudança em seus pagamentos, podendo resultar em um valor até três vezes maior do que o comum, dependendo de diversos fatores, incluindo a região de residência e a renda mensal.

Com o calendário de pagamentos do INSS para maio se aproximando, é importante entender as leis desse processo que afeta diretamente a vida de milhões de brasileiros.

A partir do dia 24 deste mês, mais de 39 milhões de pessoas receberão seus benefícios previdenciários em suas contas. Dentro desse grupo, aproximadamente 5 milhões têm acesso ao Benefício de Prestação Continuada (BPC), fornecido pelo Instituto.

Os valores desses benefícios variam, com um mínimo de R$ 1.412 e um máximo de R$ 7.786,02. A distribuição desses pagamentos ocorre entre a última semana do mês de referência e se estende até a primeira ou segunda semana do mês seguinte, com um grupo sendo contemplado por dia útil.

Organização dos dias de depósito

Por exemplo, para uma aposentadoria identificada como 12345678-9, o número 8 é considerado como referência. Os depósitos começam pelo número 1 e vão até o número 0. Para beneficiários que recebem acima de um salário mínimo, as transferências são feitas em dois grupos por dia, começando pelo 1 e 6 e terminando com o 5 e 0.

No entanto, o que pode chamar mais atenção neste mês é a possibilidade de triplicar o valor do salário do INSS. Essa ampliação é alcançada através da soma de três tipos de rendimentos.

Triplique o valor do seu INSS

Em primeiro lugar, temos o valor do benefício comum, cujos limites variam de acordo com o tipo de benefício. Para o BPC, por exemplo, o valor é fixo em um salário mínimo.

Além disso, há a consideração da segunda parcela do 13º salário. Os aposentados, pensionistas e aqueles que recebem benefícios temporários ao longo do ano terão acesso a essa parcela adicional, que pode corresponder a 50% do salário do segurado. No entanto, é importante mencionar que contribuintes do Imposto de Renda terão descontos nessa parcela, o que afeta o valor final recebido.

Por último, mas não menos importante, está a antecipação do salário de junho. Moradores de regiões onde foi decretada situação de calamidade pública no Rio Grande do Sul podem antecipar o recebimento do salário de junho para maio. Essa antecipação é condicionada à solicitação junto ao banco onde o benefício é depositado, não ocorrendo de forma automática.

Aplicativo Meu INSS

Para consultar o valor do salário do INSS em maio, os interessados podem recorrer ao App Meu INSS. Recomenda-se fazer essa consulta cerca de dois dias antes do início do cronograma de pagamentos, quando os sistemas estarão atualizados.

Através do aplicativo, é possível acessar o extrato de pagamentos e filtrar a busca pelo mês e ano desejados, obtendo assim uma previsão dos valores a serem depositados, bem como informações sobre débitos já previstos.

Calendário de pagamentos

Quanto ao calendário de pagamentos do INSS em maio, este inicia-se em 24 de maio e se estende até 7 de junho. Importante observar que os moradores de cidades em situação de calamidade no Rio Grande do Sul receberão no dia 24 independentemente do final do seu benefício.

Para beneficiários que recebem até um salário mínimo, os depósitos seguem a seguinte programação:

  • Final do benefício 1: 24 de maio
  • Final do benefício 2: 27 de maio
  • Final do benefício 3: 28 de maio
  • Final do benefício 4: 29 de maio
  • Final do benefício 5: 31 de maio
  • Final do benefício 6: 03 de junho
  • Final do benefício 7: 04 de junho
  • Final do benefício 8: 05 de junho
  • Final do benefício 9: 06 de junho
  • Final do benefício 0: 07 de junho

Para beneficiários que recebem acima de um salário mínimo, a programação é a seguinte:

  • Finais do benefício 1 e 6: 03 de junho
  • Finais do benefício 2 e 7: 04 de junho
  • Finais do benefício 3 e 8: 05 de junho
  • Finais do benefício 4 e 9: 06 de junho
  • Finais do benefício 5 e 0: 07 de junho

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo