NotíciasProgramas sociais

Confira os estados que estão oferecendo a CNH de forma gratuita

A possibilidade de dirigir veículos é não só uma questão de mobilidade, mas também de acessibilidade a oportunidades de emprego e crescimento pessoal. Contudo, os custos associados à obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) muitas vezes colocam esse privilégio fora do alcance das pessoas de baixa renda. O programa CNH Social surge como uma saída gratuita.

Com a visão de facilitar a aquisição gratuita da CNH para jovens e adultos que sonham em ter sua habilitação, o programa CNH Social cobre todas as etapas necessárias, desde exames até aulas teóricas e práticas, sem custos para os beneficiados. Ele varia de estado para estado, sendo crucial verificar a disponibilidade e os requisitos em sua localidade.

Embora muitos vejam a CNH apenas como um documento, sua aquisição por meio do programa CNH Social significa a abertura de portas para novas possibilidades. Além de permitir a mobilidade pessoal, estar habilitado pode ser um requisito para determinadas vagas de emprego, ampliando assim as oportunidades de trabalho para quem mais precisa.

A inclusão de categorias adicionais sem custo é outro ponto-chave, permitindo que beneficiários do programa não só dirijam carros de passeio, mas também possam se qualificar para trabalhar com transporte de cargas, por exemplo, aumentando ainda mais as chances de inserção no mercado de trabalho.

Quem pode se beneficiar do CNH Social

O alcance do CNH Social é amplo, mas é direcionado principalmente a pessoas em situação de vulnerabilidade econômica. Para ter direito ao programa, é necessário atender a determinados critérios, que em geral incluem: 

  • É necessário ter mais de 18 anos;
  • Possuir habilidades básicas de leitura e escrita;
  • Ter uma renda familiar de até meio salário mínimo per capita, ou uma renda total não superior a três salários mínimos;
  • Estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico);
  • Não possuir renda formal;
  • Apresentar comprovante de residência no estado ou município onde o programa está sendo oferecido.

Certos grupos podem receber prioridade, como:

  • Ex-presidiários que recebem até dois salários mínimos mensais;
  • Indivíduos desempregados há mais de um ano;
  • Aqueles sem registro na carteira de trabalho;
  • Famílias com renda de até dois salários mínimos;
  • Beneficiários de programas sociais.

Como se inscrever

Para se inscrever, signos seguintes passos:

  1. Acesse o site do Detran do seu estado;
  2. Em seguida, procure pela seção “Habilitação” e selecione “CNH Social”;
  3. Depois, preencha o formulário com seus dados pessoais dentro do prazo estabelecido;
  4. Logo após, anexe os documentos exigidos;
  5. Por fim, envie sua inscrição.

Estados onde o CNH Social está disponível

A disponibilidade do programa CNH Social varia significativamente de um estado para outro. Atualmente, há pelo menos 18 estados no Brasil oferecendo essa oportunidade, cada um com seus próprios critérios e processos de inscrição. Confira:

  • Acre (AC)
  • Amazonas (AM)
  • Bahia (BA)
  • Ceará (CE)
  • Distrito Federal (DF)
  • Espírito Santo (ES)
  • Goiás (GO)
  • Maranhão (MA)
  • Mato Grosso (MT)
  • Mato Grosso do Sul (MS)
  • Pará (PA)
  • Paraíba (PB)
  • Pernambuco (PE)
  • Rio Grande do Norte (RN)
  • Rio Grande do Sul (RS)
  • Roraima (RR)
  • Santa Catarina (SC)
  • Sergipe (SE)

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo