NotíciasProgramas sociais

Bolsa Família: saiba como receber R$ 1.600 em poucos passos

O Bolsa Família, programa de transferência de renda direta do governo federal, foi alvo de diversas reformulações em 2024, que têm como objetivo principal aumentar o alcance e o valor dos benefícios oferecidos. Atualmente, cerca de 21 milhões de famílias brasileiras são atendidas pela iniciativa, e, com as novas alterações, o programa tende a beneficiar ainda mais pessoas.

Neste ano, o pagamento mínimo passou para R$ 600, podendo aumentar de acordo com os critérios familiares do beneficiário. Além disso, um pagamento adicional de R$ 1.000, nomeado de “presentão”, será depositado diretamente na poupança das famílias que se adequarem a esses critérios. As famílias com uma quantidade reduzida de membros que não atingirem o valor mínimo de R$ 600 em pagamentos terão o benefício ajustado para alcançar esse valor.

Parte das mudanças propostas envolve a distribuição de pagamentos extras para determinados grupos de beneficiários. Todos os benefícios do Bolsa Família são regulamentados por critérios específicos de elegibilidade e requerem que a família mantenha o CadÚnico atualizado. Além do Auxílio Gás, os beneficiários podem receber:

  • Benefício de Renda de Cidadania: R$ 142 por membro familiar; 
  • Benefício Complementar: complementa o pagamento para famílias cujo total de benefícios não atinja o valor de R$ 600; 
  • Benefício Primeira Infância: disponibiliza R$ 150 mensais para cada criança de zero a sete anos; 
  • Benefício Variável Familiar: paga uma parcela extra mensal de R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos; 
  • Benefício Variável Familiar Nutriz: oferece um extra de R$ 50 para cada membro familiar com até sete meses de idade; 
  • Benefício Extraordinário de Transição: garante que nenhum beneficiário receba em quantidade inferior à concedida no Auxílio Brasil. Este benefício estará disponível até maio de 2025.

Calendário de pagamentos do Bolsa Família

As datas de pagamento do Bolsa Família 2024 já foram divulgadas e são estabelecidas de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário. Para este mês de fevereiro, só resta o pagamento para o NIS final 0, nesta quinta-feira (29).

Já para março, as datas são:

  • NIS final 1: 15 de março;
  • NIS final 2: 16 de março;
  • NIS final 3: 17 de março;
  • NIS final 4: 18 de março;
  • NIS final 5: 19 de março;
  • NIS final 6: 20 de março;
  • NIS final 7: 23 de março;
  • NIS final 8: 24 de março;
  • NIS final 9: 25 de março;
  • NIS final 0: 26 de março.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo